16 de ago de 2011

Conselhos para um bom governo

Santo Estevão da Hungria foi o primeiro rei
da Hungria. Adotou o nome em homenagem
ao santo mártir da Igreja. Faleceu em 15 de
Agosto de 1038, na Festa da Assunção.
Em primeiro lugar, eu te ordeno, aconselho e recomendo, filho caríssimo, que, se desejas honrar a coroa real, conserves a fé católica e apostólica com tal diligência e fidelidade que sirvas de exemplo a todos os súditos que Deus te confiou, e todos os homens da Igreja te considerem, com razão, um verdadeiro homem de fé cristã, sem a qual, bem o sabes, não te podes chamar cristão ou filho da Igreja. 

No palácio real, a seguir à fé, a Igreja ocupa o segundo lugar, ela que foi fundada por Cristo, nossa Cabeça, e depois foi transplantada e firmemente edificada pelos seus membros, os Apóstolos e os Santos Padres, e difundida por todo o mundo. E embora ela continue sempre a formar novos filhos, em certos lugares já se considera antiga.


Na nossa monarquia, filho caríssimo, ela é ainda jovem e recente, e por isso necessita de maior vigilância e proteção, a fim de que este dom, que a divina clemência nos concedeu sem o merecermos, não seja destruído e aniquilado por teu desleixo, preguiça e negligência.

Querido filho, doçura do meu coração, esperança da minha futura descendência, eu te peço e mando que, por todos os meios e em todas as circunstâncias, sejas benevolente não só para com os familiares e parentes, os príncipes, os nobres e os ricos, os vizinhos e os habitantes do país, mas também para com os estrangeiros e todos quantos recorrem a ti. Porque o fruto da piedade será a tua suprema felicidade. Sê misericordioso para com todos os que sofrem violência, recordando sempre no íntimo do teu coração o exemplo do Senhor: Eu quero a misericórdia, mais que o sacrifício. Sê paciente para com todos os homens, não só os poderosos, mas também os que o não são.

Finalmente, sê forte, para que nem a prosperidade te ensoberbeça nem a adversidade te desanime. Sê também humilde, para que Deus te exalte, agora e no futuro. Sê moderado e não castigues nem condenes ninguém excessivamente. Sê manso e nunca te oponhas ao sentido da justiça. Sê honrado, para que ninguém venha a sofrer qualquer desonra por tua causa. Sê nobre de sentimentos, evitando como veneno mortal toda a pestilência da sensualidade.

Tudo isto é o ornamento da coroa real; sem isto ninguém pode reinar neste mundo nem alcançar o reino eterno.

-- Dos Conselhos de Santo Estevão a seu filho (século XI)

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...