24 de fev de 2013

Basílica da Imaculada Conceição, Washington/DC

A Basílica do Santuário Nacional da Imaculada Conceição em Washington, capital dos EUA, é a maior igreja Católica Romana na América do Norte e uma das dez maiores do mundo. é dedicada a padroeira dos Estados Unidos, a Virgem Maria sob o título de Imaculada Conceição.

Em 1847, atendendo a um pedido dos bispos americanos, o Papa Pio IX nomeou a Virgem como padroeira do país. Em 1910, o então reitor da Universidade Católica, sugeriu a construção de um santuário em honra a Maria que fosse comparável aos grandes santuários europeus, plano aprovado pelo Papa Pio X em 1913. 

A pedra fundamental foi colocada em 23 de Setembro de 1920. O nível da cripta foi completado em 1931. Coma Grande Deressão e a II guerra Mundial, a construção foi paralisada por longo tempo. No ano mariano de 1954, reiniciou-se os esforços para retomar a obra, realizando arrecadações de fundos por todo país. Em 20 de Novembro de 1960, O Arcebispo de Nova Iorque Francis Spellman celebrou a primeira missa no altar principal, quado solenemente recitou o ato de dedicação à consagração do país à Bendita Ave Maria. 

A basílica não é uma catedral, pois o Bispo de Washington assenta-se em outra igreja, nem uma paróquia. Por definição, um santuário é uma igreja onde os fiéis são convidados a peregrinarem em razão de uma devoção especial. Deve promover a celebração da Eucaristia e Penitência, além de cultivar outras formas de piedade popular. Sacramentos comunitários, como batismos e casamentos, não são administrados, pois não há exatamente um comunidade para testenunhá-los. 
Mosaico da Imaculada Conceição utiliza a coloração natural
de 35.00 pedras,  obra do Estudio de Mosaicos no Vaticano,
reproduz uma pintura de Esteban Murillo que está no
Museu do Prado (Madri).

Em 12 de Outubro de 1990, o Papa João Paulo II elevou o Santuário Nacional ao status de Basílica, devido a sua importância, diginidade e significado para a igreja. Entre os privilégios de uma Basílica estão a indulgência plenária para quem assitir uma Eucaristia e rezar nas intenções do Papa em dias específicos. No caso da Basílica em Washington, os dias são: 20 de Novembro, aniversário da dedicação da Basílica; 8 de Dezembro, solenidade da Imaculada Conceição; 29 de Junho, solenidade de São Paulo e São Pedro; e 12 de Outubro, aniversário da atribuição do título de Basílica. Como a Basílica tem altares menores dedicados a vários santos, também é possível obter um indulgência menor rezando em frente ao altar no dia dedicado ao respectivo santo. 

Agora duas observações pessoais: 

(1) já havia ido à Washington outras vezes e toda divulgação turística é centrada nos museus, monumentos históricos, Capitólio e Casa Branca. Eventualmente há referências à Catedral Nacional (sem referências, em geral trata-se da Episcopal, onde o Pres. Obama já compareceu algumas vezes), mas nada é dito sobre a Basílica do Santuário. Ela está localizada em um bairro um pouco afastado das atrações principais, mas é lindíssima, comparável às mais bonitas igrejas européias, inclusive às vaticanas. 

(2) já havia perguntado para padres, seminaristas e católicos por um local para uma peregrinação aqui nos EUA e, até agora, ninguém havia citado esta Basílica. É necessário divulgar melhor. Para quem estiver vindo para o Encontro com as Famílias em 2015, que será realizado na Filadélfia, Washington é apenas 2 horas da Filadélfia. Por favor, incluam nos roteiros como um local mariano privilegiado para peregrinações - o equivalente a Aparecida no Brasil.









Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...