11 de fev de 2013

Estamos perto de ti, Santo Padre, e lhe pedimos que nos bendiga.



Entre as muitas notícias a cerca da renuncia do Papa Bento XVI, chamou-me atenção este pronunciamento do Cardeal Ângelo Sodano, Decano do Colégio dos Cardeais, imediatamente após o anúncio do Papa, em frente ao Colégio Cardinalício. A agência de notícias do Vaticano ainda não traduziu para o português, então me arrisco a partir do texto em inglês. 
Papa Bento XVI cumprimentando o Cardeal Sodano.

"Acabamos de lhe escutar - tudo que disse - com uma sensação de extravio e quase de incrudulidade. Em suas palavras temos notado o grande afeto que teve pela Santa Igreja de Deus, por esta Igreja que tanto amas. Agora, permita-me dizer-lhe, em nome deste cenáculo apostólico - o Colégio Cardinalício - em nome destes queridos colaboradores seus, que estamos mais próximos que nunca de sua pessoa, como temos estado durante estes quase oito anos luminosos de seu pontificado. Em 19 de Abril de de 2005, recordo-me bem, ao final do conclave, perguntei-lhe "Aceitas tua eleição canônica como Sumo Pontífice?" e emocionado, em responder dizendo que aceitava, confiando na graça do Senhor e na intercessão maternal de Maria, Mãe da Igreja. Como Maria, naquele dia, pronunciaste teu "Sim"e iniciou seu luminoso pontificado no caminho da continuidade, esta continuidade com seus duzentos e sessenta e cinco predecessores na Cátedra de Pedro, ao longo de dois mil anos de história, desde do apóstolo Pedro, o humilde pescador da Galiléia, até os grandes Papas do século passado, de São Pio X ao beato João Paulo II"

Santo Padre, antes de 28 de Fevereiro, como tens dito, dia em que desejas por a palavra final a seu serviço pontificial, levado ao cabo com tanto amor, com tanta humildade; antes de 28 de Fevereiro poderemos expressar melhor nossos sentimentos; assim farão também os pastores e fiéis espalhados pelo mundo e tantos homens de boa vontade junto às autoridades de muitos países. Também, neste mês, teremos a alegria de escutar a sua voz de pastor já nesta Quarta-Feira de Cinzas, na quinta-feira com o clero de Roma, nas orações do Angelus aos domingos, nas audiências das quartas-feiras, haverão ainda muitas ocasiões de escutar sua voz paternal. Sua missão, no entanto, continuará: disseste que estarás sempre conosco com teu testemunho e oração. Sim, as estrelas seguem sempre brilhando no céu e assim brilharás em meio a nós, brilhará a estrela de seu pontificado. Estamos perto de ti, Santo padre, e lhe pedimos que nos bendiga."

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...