10 de nov de 2013

Sobre as aparições de Medjugorie

No dia 21 de Outubro, O Núncio Apostólico nos EUA enviou uma carta à USCCB (Conferência de Bispos Católicos dos Estados Unidos) advertindo que uma série de apresentações de um dos videntes de Medjugorie, que estava marcada para os EUA, não estaria em acordo com a posição oficial da Igreja acerca do assunto, que ainda está sob investigação. Até o momento apenas os bispos com jurisdição sobre Medjugorie se manifestaram publicamente, não confirmando se tratar de legítimas aparições de Nossa Senhora, isto ainda em 1991.
Cinco dos videntes de Medjugorie, em foto de 2007.

No início, 6 jovens tinham visões quase diárias de Nossa Senhora; atualmente três deles ainda alegam ter tais aparições. Isto gera imediatamente um enorme problema para a Igreja: analisar todas as mensagens para verificar se estão em acordo com a doutrina da Igreja e outras mensagens já reconhecidas de Nossa Senhora torna-se mais difícil a cada dia, pois há novas para verificar. Também há questões quanto ao comportamento pessoal dos videntes e padres franciscanos que atuam como conselheiros espirituais, pois espera-se que sejam exemplares. 

Além de não promover ou participar de encontros com os videntes, peregrinações à Medjugorie também não estão em total acordo com a Igreja. E obviamente a advertência vale para toda a Igreja, não apenas nos Estados Unidos. 

Carta original aqui, traduzida por mim. 

Reverendo Monsenhor Jenkins,

Eu escrevo por solicitação de Sua Excelência, Reverendo Gerhard Ludwig Muller, Prefeito da Congregação para Doutrina da Fé, que solicita aconselhar aos bispos dos Estados Unidos, mais uma vez, sobre o assunto. Portanto, Sua ExcelÊncia deseja informar aos bispos que um dos chamados visionários de Medjugorie, Sr. Ivan Dragicevic, fará apresentações em paróquias do país, nas quais falará sobre os fenômenos de Medjugorie. Antecipa-se que, durante estas apresentações, o Sr. Dragicevic terá "visões".

Como vós já sabeis, A Congregação para a Doutrina da Fé está investigando certos aspectos doutrinários e disciplinares dos fenômenos de Medjugorie. Por esta razão, a Congregação afirma que sobre a credibilidade das "aparições", todos devem aceitar a declaração de 10 de Abril de 1991 escrita pelos bispos da antiga República da Iugoslávia, que diz:"Considerando a investigação realizada, não é possível afirmar que tais fatos sejam aparições ou revelações sobrenaturais." Daí segue, portanto, que sacerdotes e fiéis não estão permitidos de participar em encontros, conferências ou celebrações públicas nas quais a credibilidade de tais "aparições" seja considerada como confirmada.

Com o objetivo de evitar escândalo e confusão, o Arcebispo Muller solicita que os Bispos sejam informados deste assunto o mais breve possível.

Aproveito a oportunidade para apresentar os meus sentimentos de profunda estima,

Sinceramente seu irmão em Cristo,
Carlo Maria Vigano
Núncio Apostólico


Um comentário:

washte disse...

As vezes não entendo porque os sites Católicos (bons) julgam sem conhecer a Medjugorje!
Primeiramente a Santa Sé NÃO proibiu as peregrinações em Medjugorje. É verdade que a igreja segue a Declaração de Zadar dos bispos Croatas do ano de 1991 e ELA PERMITE PEREGRINAÇÕES DOS FIEIS ACOMPANHADA DE SACERDOTES!
As mensagem principal de Medjugorje: Paz, Oração com coração, Conversão, Santa Missa (Eucaristia), Jejum e Penitencia, Fé forte, Amor, Perdão e Esperança
"Pelos frutos reconhecerão a arvore"!
Por fim, antes de julgar é preciso conhecer melhor os acontecimentos de Medjugorje e não simplesmente acreditar tudo que escrevem ou falam por aí.
Eu recebi a graça de conversão em Medjugorje. Minha vida mudou mais que 100%.
"Se satanás vai contra si mesmo então o reino dele vai acabar"!

Antun

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...