17 de mai de 2012

O quarto artigo do Creio (Compêndio da Doutrina Católica)


Que coisa nos ensina o quarto artigo: Padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado?
- Ensina que Jesus Cristo para remir o mundo com o seu precioso sangue, padeceu por ordem de Pôncio Pilatos, governador da Judéia, e morreu sobre o lenho da cruz, da qual foi deposto e sepultado em um sepulcro novo.

Que quer dizer aquele termo "padeceu"?
- Este termo compreende todas as penas que na sua paixão sofreu jesus Cristo.

E padeceu Ele enquanto Deus ou enquanto homem?
- Padeceu enquanto homem porque enquanto Deus não podia padecer, nem morrer.

Que tipo de castigo era a Cruz?
- Era o mais infame e cruel de todos os castigos.

Quem o condenou a ser crucificado?
- Pôncio Pilatos, governador da Judéia, o qual um pouco antes tinha reconhecido a sua inocência.

E não poderia Jesus livra-se das mãos de Pilatos e dos judeus?
- Sim, poderia; mas reconhecendo ser a vontade de seu eterno Pai que ele padecesse e morresse pela nossa salvação, voluntariamente sujeitou-se, antes ele mesmo foi ao encontro de seus inimigos e, espontaneamente, se deixou prender e atar.

Onde foi crucificado?
- No Monte Calvário.

Que fez Jesus Cristo sobre a cruz?
- Rogou por seus inimigos, ofereceu a sua morte em sacrifício, e satisfez a Divina Justiça pelos pecados dos homens.

Na morte de Jesus Cristo, a divindade separou-se do corpo e da alma?
- Não, somente a alma de Jesus Cristo separou-se do corpo.

Porque morreu jesus Cristo?
- Morreu pela salvação de todos os homens.

Como Ele salvou todos os homens?
- Padecendo e morrendo enquanto homem e, enquanto Deus, dando um valor infinito às suas penas.

Se jesus Cristo morreu pela salvação de todos, porque nem todos se salvam?
- Porque para gozar o fruto da Paixão é necessário que nos apliquem os seus merecimentos; o que sobretudo se faz por meio dos Sacramentos instituídos para este fim pelo mesmo Jesus Cristo; e porque muitos ou não recebem os Sacramentos ou os recebem mal, por isso parece inútil a morte de Jesus.

-- Compêndio da Doutrina Cristã, por São Roberto Belarmino (século XVI)

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...