7 de out de 2013

Nossa Senhora de Czestochowa

A virgem negra de Czestochowa 
A Nossa Senhora de Czestochowa é a mais venerada relíquia na Polônia, sendo um dos símbolos nacionais. Trata-se na verdade de um ícone de Nossa Senhora, pintado em data incerta e seriamente danificado por uma invasores hussitas em 1430. Pior ainda, no trbalho de restauração, a imagem foi ainda mais afetada, não restando outra solução a não ser apagá-la totalmente e repintá-la, aproveitando a base, que segundo a tradição, fora trabalhada por São José ou o próprio Cristo quando ainda trabalhava com seu pai. 

A imagem é um tradicional ícone da Igreja Oriental, com Nossa Senhora carregando o Menino Jesus. Diferencia-se por Maria ter duas cicatrizes no lado direito do rosto. Segundo a lenda, infiéis teriam tentando rasgar a imagem, apunhalando duas vezes, quando viram que o corte sangrava. Assustados, deixaram a imagem no Monastério.

É certo que um incêndio escureceu os pigmentos da imagem, tornando-a Nossa Senhora Negra de Czestochowa. 

A imagem é creditada pela miraculosa salvação do Monastério de Jasna Gora (Montes Claros) durante a invasão sueca em 1655. O exército sueco avançou até o Monastério, onde monges e voluntários alternavam orações e batalha, sustentando o cerco por um mês e alterando o curso da guerra. 

Atualmente o Monastério é o centro de peregrinações mais importante do país, sendo uma tradição no país visitá-la uma vez ao ano.

-- autoria própria

Um comentário:

Marcelo Weihmayr disse...

Parabéns pelo blog e por trazer mais uma riqueza de nossa Santa Igreja Católica. Não tinha ouvido falar de Nossa Senhora de Czestochowa.

http://catequesedoleigo.blogspot.com.br/

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...