17 de mai de 2016

Deus ama a todos igualmente?

Por três razões é justo dizer que Deus ama a todos igualmente:

1. No livro da Sabedoria (6,8), diz-se que Deus cuida de todos igualmente. O cuidado de Deus para com todos é igual, logo o amor que tem por todos é igual.

2. O amor de Deus é sua essência, que é apenas uma, não duas, uma maior, outra menor. Assim, por sua uma única essência, Deus ama a todos igualmente.

3. Deus conhece a todos igualmente, Cristo afirmou que não cai um só fio de cabelo sem que Deus o permita. Por conhecer a todos igualmente, Deus ama a todos igualmente.

Mas como amar é querer o bem para o amado, alguém poderia dizer que Deus ama mais ou menos certas pessoas por dois motivos:

1. Se o amor depende da vontade da pessoa, então pode ser mais ou menos intenso. O argumento contrário afirma que Deus ama a todos igualmente por que seu amor é um ato de sua perfeita compaixão, que tem a mesma intensidade para todos.

2. O bem que o amor deseja ao outro pode ser maior ou menor. Se considerarmos que o bem que se percebe realizado em uma pessoa pode ser maior ou menor, alguém poderia dizer que Deus ama cada pessoa de maneira diferente. O erro está em julgar por aquilo que é visível no mundo , esquecendo que Deus trata a todos com a mesma sabedoria e bondade. Além disso Deus concede a todos o bem da Vida Eterna.

-- Este trecho é uma adaptação da Suma Teológica de São Tomás de Aquino, parte I, questão 20, artigo 3.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...