4 de out de 2010

Carta aos fiéis de São Francisco de Assis

Ó como são felizes e benditos aqueles que amam o Senhor e fazem o que o mesmo Senhor diz no evangelho: Amarás o Senhor, teu Deus, com todo o teu coração, com toda a tua alma, e amarás o teu próximo como a ti mesmo (Lc 10,27).

Amemos, pois, a Deus e adoremo-lo com o coração e espírito puros, porque, acima de tudo, disto está ele à procura e diz: Os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e verdade, pois todo aquele que o adorar deve adorá-lo em espírito e verdade (Jo 4,23). É necessário que todos que o adoram, o adorem no espírito da verdade. E dia e noite elevemos para ele louvores e orações, dizendo: Pai nosso que estais nos céus, pois é preciso orar em todo o tempo e não desfalecer (cf. Lc 18, 1).


O trânsito de São Francisco

Além disso, produzamos dignos frutos de penitência (cf Mt 3,8). E amemos os próximos como a nós mesmos. Tenhamos caridade e humildade e façamos esmolas, já que estas lavam as almas das manchas dos pecados. Os homens perdem tudo o que deixam neste mundo. Levam consigo somente a paga da caridade e as esmolas que fizeram: delas receberão do Senhor o prêmio e a justa recompensa.
 
Não nos convém sermos sábios e prudentes segundo a carne, mas antes temos antes de ser simples, humildes e puros. Jamais desejemos ficar acima dos outros, mas prefiramos ser servos e submissos a toda criatura humana, por causa de Deus. Sobre todos os que assim agirem e perseverarem até o fim repousará o Espírito do Senhor e fará neles sua casa e mansão. Serão filhos do Pai celeste, pois fazem suas obras, e são esposos, irmãos e mães de Nosso Senhor Jesus Cristo.
 
-- Da carta aos fiéis, de São Francisco de Assis, frade, século XIII.
 

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...