26 de set de 2013

Tenhamos a simplicidade de uma pomba

O corpo incorrupto de São Vicente de Paulo
Jesus, Nosso Senhor, espera que tenhamos a simplicidade de uma pomba (cf. Mt 10,16). Isto significa dar uma opinião clara sobre as coisas que honestamente vemos, sem reservas desnecessárias. Também significa fazer as coisas sem segundas intenções ou manipulações, tendo nossas idéais focadas somente em Deus. Cada um de nós, então, deve cuidar de agir sempre com espírito de simplicidade, lembrando que Deus gosta de lidar com os simples, que Ele esconde os segredos dos céus dos espertos deste mundo e revela-os aos pequeninos. 

Mas enquanto Cristo recomenda a simplicidade das pombas, também fala sobre a prudência da serpente. Isto significa que devemos falar e agir com discrição. Devemos, portanto, mantermo-nos calados sobre assuntos que não devem discutidos, especialmente se contrários à lei ou ao desejo de Deus. Mesmo quando estamos discutindo assuntos que são bons e próprios, devemos esconder detalhes que não sejam para a glória de Deus, ou que possam prejudicar outras pessoas, ou que as possam fazê-las de bobo.

Na prática, a virtude é escolher a maneira correta de fazer as coisas. Devemos fazer tudo a partir de um princípio sagrado, pois estamos sempre trabalhando para Deus, escolher a maneira de Deus de desempenhar nossas tarefas, ver e julgar tudo não com a inteligência do mundo e muito menos de acordo com a nossa razão.

-- De São Vicente de Paulo, presbítero (século XVII), cuja festa liturgica é 27 de Setembro.

-- Tradução própria

2 comentários:

Católico disse...

Prezado você pode me informar o nome da obra de São Vicente de que você traduziu o texto? Talvez ela exista em espanhol.

Miguel Fornari disse...

Olá,

Qdo terminar as férias e retornar para casa irei procurar o original.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...