27 de abr de 2010

O Sacrifício de Deus

Pela misericórdia de Deus, eu vos exorto, irmãos (Rm 12, 1). Paulo exorta, ou melhor, é Deus que por intermédio de Paulo nos exorta. Ouve como o Senhor nos exorta.

Talvez vos perturbe a enormidade de meus sofrimentos causados por vós. Não tenhais medo. Esta cruz não me feriu a mim, mas feriu a morte. Estes cravos não me provocam dor, mas cravam mais profundamente em mim o amor por vós. Estas chagas não me fazer soltar gemidos, mas vos introduzem ainda mais intimamente em meu coração. O meu corpo, ao ser estirado na cruz, não aumenta meu sofrimento, mas dilata os espaços do meu coração para vos acolher. Meu sangue não é uma perda para mim, mas é o preço do vosso resgate.

Vinde, pois, convertei-vos e pelo menos assim experimetareis a bondade do Pai, que paga os males com o bem, as injúrias com amor, tão grandes chagas com tamanha caridade.

-- trecho Dos Sermões de São Pedro Crisólogo, bispo (século V)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...