19 de jun de 2010

A Oração do Senhor

O Senhor orava e não pedia para si - que pediria, o inocente, para si? - mas por nossos delitos, como ele mesmo o declarou ao dizer para Pedro: Eis que Satanás procurava joeirar-vos como trigo. Mas eu roguei por ti, para que tua fé não desfaleça (Lu 22, 31-32). E pouco depois rogou ao Pai por todos, dizendo: Não rogo apenas por estes, mas também por aqueles que irão crer em mim pelas palavras deles, a fim de que todos sejam como um, como Tu, Pai, estás em mim e eu em ti, para que também eles estejam em nós (Jo 17,11).

Imensa benignidade e piedade de Deus para nossa salvação! Não contente de redimir-nos com seu sangue, ainda quis com tanta generosidade rogar por nós. Considerai o desejo daquele que rogou, para que do mesmo modo como o Pai e o Filho são um, assim também permaneçamos na mesma unidade.

-- Do Tratado sobre a Oração do Senhor, de São Cipriano, bispo e mártir (século III)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...