19 de set de 2015

25º Domingo do Tempo Comum - 20/09/2015

Mc 9,30-37

Naquele tempo, 30Jesus e seus discípulos atravessavam a Galileia. Ele não queria que ninguém soubesse disso,31pois estava ensinando a seus discípulos. E dizia-lhes: “O Filho do Homem vai ser entregue nas mãos dos homens, e eles o matarão. Mas, três dias após sua morte, ele ressuscitará”.
32Os discípulos, porém, não compreendiam estas palavras e tinham medo de perguntar. 33Eles chegaram a Cafarnaum. Estando em casa, Jesus perguntou-lhes: “O que discutíeis pelo caminho?”
34Eles, porém, ficaram calados, pois pelo caminho tinham discutido quem era o maior.
35Jesus sentou-se, chamou os doze e lhes disse: “Se alguém quiser ser o primeiro, que seja o último de todos e aquele que serve a todos!”
36Em seguida, pegou uma criança, colocou-a no meio deles e, abraçando-a, disse: 37“Quem acolher em meu nome uma destas crianças, é a mim que estará acolhendo. E quem me acolher, está acolhendo, não a mim, mas àquele que me enviou”.
Comentário:
Este trecho do Evangelho inicia com a revelação de Cristo Messias, Filho de Deus, mas também o sofredor (Sb 2,17-20). Diante desta revelação, que não é totalmente entendida pelos discípulos, Ele indica o caminho a seguir na sua ausência: serviço, humildade, acolhida dos pobres; ou seja, uma fé experimentada. 
Leituras Relacionadas
Antigo Testamento
Livros Históricos
Livros Sapienciais e Proféticos
  • Salmos 53
  • Sabedoria 2,17-20
Evangelhos
  • Mateus 17, 22-23; 18, 1-5
  • Lucas 9, 43-48
  • Mateus 10, 40
Cartas
  • Tiago3,16-4,3

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...