26 de jul de 2014

Canto ao Espírito Santo , de Santa Hildegard de Bingen

Considerando a reputação mística e teológica de Santa Hildegarda de Bingen, além de toda sua experiência de visões divinas, parece que ela dedicou-se pouco ao Espírito Santo, pois compôs músicas liturgicas e poesias dedicadas ao Pai, Filho, Virgem Maria, diversos santos, incluindo uma missa completa para a Festa de Santa Úrsula, mártires, confessores e Festa de Todos os Santos. De toda esta obra, apenas quatro cantos são dedicadoos ao Espírito Santo.

Por outro lado, Ele está presente de maneira especial em diversos textos como o inspirador de santos e virgens, usualmente descrito como uma pomba descendo sobre eles, dando-lhes coragem, inspiração e fortaleza. 



No canto intitulado Spiritus Sanctus encontra-se um resumo de sua visão sobre o Espírito Santo, parte da Santíssima Trindade, sempre presente em todos momentos da vida. A letra é uma antífona ao Salmo 110/111, curta, mística, predominando uma linguagem que fala da grandeza de Deus. É uma oração ascendente, isto é, que sobe aos céus para agradecer a Deus. A força da fé inspirada pelo Espírito Santo redime os fiéis de todos os pecados e nos conduz a ressurreição eterna.

Letra em latim:
Spiritus Sanctus vivificans vita,
movens omnia,
et radix est in omni creatura,
ac omnia de immunditia abluit,
tergens crimina,
ac ungit vulnera,
et sic est fulgens ac laudabilis vita,
suscitans et resuscitans omnia.

Tradução*:
Espírito Santo vivificante,
que move todos.
És a raiz (origem) de todas criaturas,
lavando os pecados,
inocentando os culpados,
e curando os feridos.
És o luminosos e glorioso, Vida,
que suscita e ressucita a todos.

*tradução própria, a partir do inglês





Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...