3 de ago de 2010

A nova criação

E ainda há mais, meus irmãos: se o Senhor aceitou padecer por nossa vida, apesar de ser o Senhor do mundo inteiro, ele a quem disse Deus na criação do mundo: Façamos o homem à nossa imagem e semelhança (Gn 1,26), como suportou o sofrimento por mão de homem? Aprendei. Os profetas, por sua graça, sobre ele profetizaram; ser-lhe-ia preciso aparecer na carne para destruir a morte e manifestar a ressuirreção dos mortos, Ele tudo suportou para cumprir a promessa feita aos pais e preparar para si um povo novo enquanto estava na terra, e revelar-se, depois da ressurreição, como o Juiz. Assim também ensinava, fazendo tão grandiosos prodigios e milagres, a Israel que não o confessava nem amava.

Assim fomos nós formados de novo, como também outro profeta fala: Eis, diz o Senhor, arrancarei deles os corações de pedras e porei corações de carne (Ez 11,19). Ele quis aparecer na carne e habitar entre nós. Templo santo para o Senhor, meus irmãos, é a morada de nosso coração. E o Senhor reafirma: Louvar-te-ei na reunião de meus irmãos e cantarei a ti no meio da assembléia dos santos (Sl 21,23). Na verdade somos nós, aqueles que ele introduziu na terra boa.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...