13 de jan de 2011

Servir-te-ei na pregação

Estou bem consciente, Deus Pai todo-poderoso, de ser a vós que devo consagrar a tarefa mais importante de minha vida: que todos os meus pensamentos e minhas palavras falem de vós.

O dom da palavra que me concedestes, não pode ter maior recompensa que a de vos servir na pregação, e demonstrar ao mundo que ignora ou ao herege que nega que sois Pai, isto é, Pai do Deus unigênito.

Apesar de ser esta a única manifestação da minha vontade, é preciso suplicar o auxílio de vossa misericórdia. Desfraldando as velas da nossa fé e do nosso testemunho, vinde enchê-las com o sopro do vosso Espírito, e orientai-nos no caminho da pregação que iniciamos. Pois não nos faltará aquele que prometeu: Pedi e vos será dado Procurai e achareis Batei e a porta vos será aberta (Mt 7,7).
Santo Hilário de Poitiers. 

Nós somos pobres, e por isso pedimos o que nos falta; prescrutamos com esforço obstinado as palavras de vossos profetas e apóstolos, e batemos com insistência para que se abram para nós as portas do conhecimento da verdade. Mas é somente de vós que depende dar o que se pede, estar presente, quando se procura, e abrir para quem bate.

Quando se trata de compreender as verdades que se referem a vós, vemo-nos impedidos por um certo entorpecimento preguiçoso da nossa natureza e nos sentimos limitados pela nossa inevitável ignorância e fraqueza. Mas o estudo da vossa doutrina nos dispõe para compreender as realidades divinas e a obediência da fé nos conduz a superar o nosso conhecimento natural.

Esperamos, portanto, que façais progredir o nosso tímido esforço inicial, que consolideis seu desenvolvimento crescente e o leveis à união com o espírito dos profetas e dos apóstolos. Assim compreenderemos o sentido exato de suas palavras e interpretaremos o seu veradeiro significado. 

Então proclamaremos o que eles pregaram no mistério: que vós sois o Deus eterno, o Pai do Unigênito eterno de Deus; que somente vós sois sem nascimento; e que há um só Senhor Jesus Cristo que procede de vós por nascimento eterno; não afirmamos que ele seja outro deus além de vós, mas proclamamos que foi gerado de vós que sois o úinico Deus; e professamos que ele é Deus verdadeiro, nascido de vós sois veradeiro Deus e Pai.

Dai-nos, pois, o significado autêntico das palavras, dai-nos a luz da inteligência, a perfeição da linguagem, a verdadeira fé. Tornai-nos capazes de exprimir nossa fé, ou seja, que vós sois o único Deus Pai e que há um único Senhor Jesus Cristo, segundo o que nos transmitiram os profetas e os apóstolos. E contra os hereges que negam tais afirmações, fazei que saibamos afirmar que vós sois Deus com o Filho e que proclamamos sem erro a sua divindade.

-- Do Tratado sobre a Trindade, de Santo Hilário, bispo




Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...