2 de mar de 2013

Terceiro Domingo da Quaresma (ano C)

A primeira leitura deste domingo narra a famosa cena da sarça ardente, quando Deus se revela a Moisés e atribui-lhe a missão de anunciar que Deus intervirá na história para libertar o seu povo. Deus é aquele que é, sempre foi deste antes da história e continuará a ser no futuro, um Deus de tal forma transcendente que o homem não pode aproximar-se, o mesmo Deus dos nossos antepassados, um Deus tão grande que não há adjetivos nem nomes que se possa acrescentar. Trata-se simplesmente do Deus que é o próprio Deus.

Na segunda leitura São Paulo nos adverte que a salvação não é automática. Não basta apenas acreditar em Cristo, o novo Moisés a guiar o povo; ser batizado, atravessar o Mar Vermelho; reeber o Espírito Santo, representado pela nuvem que protegia o povo no deserto; ou receber a Eucaristia, maná enviado dos céus. Os israelitas todos tiveram esta experiência, no entanto não confiaram em Deus, duvidaram de sua palavra, e pereceram no deserto. Que nos possamos colocar em prática a Palavra de Deus, em especial neste tempo de Quaresma, enquanto é tempo.

No Evangelho, Cristo nos convida a aceitar sua bondade, nso arrependermos, nos renovarmos, em especial na Quaresma, um tempo adequado. Para a agricultura, o tempo é essencial, chuva ou frio fora de época pode arrasar uma plantação. A figueira, por algum motivo não estava pronta para dar frutos; o vinhateiro pede mais um ano para  a árvore, talvez ela possa tirar melhor proveito das épocas; se assim não for, poderá ser cortada por Deus. é um complemento da advertência da leitura anterior, que possamos tirar proveito neste ano, aproveitar o amor de Deus.

Segundo São Josemaria Escrivá, há um caso especial que devemos estar atentos - cristãos que poderiam estar fazendo mais, melhor, poderiam estar vivendo plenamente a sua vocação como filhos de Deus, mas por falta de generosidade preferem o mundo. O dom da fé nos foi dado para compartilharmos com o próximo. Que não sejamos como a figueira por preguiça ou apego excessivo ao conforto, Deus nos chama para algo maior.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...