5 de jul de 2010

Das divisões na Igreja

Está escrito: Uni-vos aos santos, porque os que deles se aproximam serão santificados. E ainda em outro lugar: Com o inocente serás inocente, com o eleito serás eleito e com o perverso usarás de astúcia. Por isso nos unimos aos inocentes e justos; eles são eleitos de Deus. Por que há entre vós lutas, cóleras, dissenssões, divisões e guerras? Porventura não temos um só Deus, um só Cristo e um só Espírito da graça derramado sobre nós e não há uma só vocação em Cristo? Por que arrancamos e despedaçamos os membros de Cristo e nos revoltamos contra nosso próprio corpo e chegamos à loucura de esquecer que somos membros uns dos outros?

Lembrai-vos das palavras de nosso Senhor Jesus: Ai daquele homem! Melhor lhe fora não ter nascido do que escandalizar a um dos meus eleitos; melhor lhe fora ser amarrado à mó de moinho e afogado no mar do que perverter um só de meus escolhidos. Vossa divisão perverte a muitos, lança a muitos no desânimo, a muitos na hesitação, a todos nós na tristeza, causa-nos aflição, e ainda persiste vossa sedição!

Vamos depressa acabar com isso! Vamos nos ajoelhar aos pés do Senhor e implorar com lágrimas e súplicas que ele nos seja proprício e se reconcilie conosco, fazendo-nos voltar ao nosso antigo modo de viver, tão belo, casto, conforme o amor fraterno. Se há um fiel, se há um notável na exposição da doutrina, um sábio no discernimento das palavras, um casto na vida, tanto mais humilde deve ser quanto parece ser maior e procure o que é útil a todos e não o próprio interesse.

-- Da Carta aos Coríntios, de São Clemente I, papa (século I)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...