3 de set de 2010

Cristo não quer perdoar nada sem a Igreja

Duas são as coisas que só a Deus convêm: a honra do louvor e o poder de perdoar. O louvor somos nós que lhe damos; o perdão, dele nós esperamos. Pertence somente a Deus perdoar os pecados; por isso ele deve ser louvado. Tudo quanto é do Pai é do Filho, e o que é do Filho é do Pai., por serem um só por natureza. De modo semelhante, tudo quanto era seu deu o esposo (o Filho) à esposa (a Igreja), e tudo da esposa o esposo tomou para si; e dela, unida a si, e do Pai fez também um só. Quero, disse o Filho ao Pai, intercedendo pela esposa, que assim como eu e tu somos um, também estes sejam um conosco (Jo 17,21).

Sem Cristo nada pode a Igreja perdoar; nada quer Cristo perdoar sem a Igreja. A Igreja não pode perdoar a não ser ao penitente, isto é, àquele a quem Cristo tocou. Cristo não quer ter por perdoado aquele que despreza a Igreja. O que Deus uniu, o homem não separe. Digo eu, é grande este sacramento no Cristo e na Igreja (Mt 19, 6; Ef 5,32).

-- Dos Sermões do Bem-aventurado Isaac, Abade do Mosteiro de Stella (século XII)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...