12 de nov de 2010

Convertamo-nos a Deus

Permaneçamos, pois, justos e santos em nossa fé e oremos com confiança a Deus que afirmou: Ainda estarás a falar e te responderei: Eis-me aqui (Is 58,9). Esta palavra é sinal de grande promessa; porque o Senhor se mostra mais pronto a dar do que o suplicante a pedir.

Irmãos, tendo uma boa ocasião de nos arrepender, enquanto temos tempo e há quem nos receba, convertamo-nos para o Senhor que nos chamou. Se renunciarmos às nossas paixões desregradas, dominamos a nossa alma. Negando-lhe seus desejos maus, participaremos da misericórdia de Jesus.

A esmola é boa como penitência pelo pecado. Melhor o jejum do que a oração; a esmola mais que estes dois: a caridade cobre uma multidão de pecados (1Pd 4,8). Contudo, a oração, feita de consciência pura, livra da morte. Feliz quem for reconhecido perfeito nestas coisas; porque a esmola afasta do pecado.

Façamos, portanto, penitência de todo coração, para que nenhum de nós pereça. Se temos obrigação de afastar os outros do culto aos ídolos e instruí-los, quanto mais devemos nos empenhar na salvação de todas as almas, que já gozam do verdadeiro conhecimento de Deus! Ajudemo-nos, então, um ao outro, a reconduzir ao bem mesmo os mais fracos; para salvarmo-nos todos, não só cada um se converta, mas exortemo-nos mutuamente.

-- Da Homilia de uma autor desconhecido, século II

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...