24 de mai de 2011

Explicação Catequética do Credo - artigo XI: Creio na Ressurreição do Corpo



Juízo Final e a Missa de São Gregório.
No alto aparece Jesus Cristo, acompanhado dos santos,
julgando as almas no Dia do Juízo Final. A esquerda,
anjos salvam as almas do Purgatório; crianças estão
no limbo e; em outra parte do Purgatório, almas nadam
num rio. A direita, demônios queimam e atormentam as
almas no Inferno, enquanto o próprio Diabo ataca Judas
Iscariotes. Ao centro, São Gregório celebra a Santa Missa.

38. Injustiça pode ser feita à infinita bondade e justiça de Deus se não acreditarmos firmemente que Deus não pode falhar nunca ao retribuir de forma abundante todos aqueles que lhe servem fielmente na obediência exata da sua santa lei, ou, por outro lado, falhar ao punir adequadamente os ímpios e escarnecedores de Deus, obstinados transgressores de seus mandamentos. Portanto, acreditamos, com certeza, que haverá ressurreição do corpo, que todos homens, sem exceção, aqueles que viveram no passado, vivem hoje em dia, e ainda viverão nesta terra, retornarão à vida e receberão os mesmos corpos que lhes pertencia antes de morrerem, e passarão a eternidade em glória ou tormentos. Porque é necessário que o Deus Nosso Senhor, o mais justo e incorruptível, conforte com alegrias imortais os santos que durante sua vida mortal sujeitaram seus membros e sentidos a contínuos combates para não separararem-se do amor de Deus, pois sofreram muitos insultos e golpes de seus perseguidores, que lhes perseguiam com violência selvagem para força-los a ofender a Deus. De maneira virtuosa, os santos mantiveram suas almas e corpos no dever, privando-se de muitos prazeres, sofrendo dores, tormentos e, muitas vezes, cruéis castigos, é justo então que suas almas e corpos recebam nos céus seu quinhão de descanso e glória.

39. Também é apropriado que os corpos dos homens ímpios, que durante sua vida, apesar das advertências da lei divina, deixaram-se fartar nos prazeres da licensiosidade e todo tipo de vício, seguindo suas paixões de glutonia e impurezas contrárias aos mandamentos de Deus, devam ser punidos eternamente contra as suas vontades, em fogos que nunca se extinguem, expiando seus apetites sexuais indulgentes e promíscuos, e então, ainda que muito tarde, conheçam o grande mal que provocaram e como é inútil uma criatura desprezar e provocar a Deus, adorável acima de todas as coisas. Por estas razões, como disse, toda humanidade, bons e ímpios, irãoo ressuscitar no Dia do Julgamento Final, suas almas retornarão aos seus corpos que receberão no primeiro nascimento e animarão até a morte. Estarão unidas de um modo que jamais se dissolverá, e de acordo com os méritos de cada um, irão para os céus reinar com Jesus Cristo na glória do Paraíso, ou para o Inferno, junto com o Demônio para o sofrimento eterno. Isto São Judas confessa quando dia: Creio na ressurreição do corpo.


-- Explanação Catequética do Credo para os Habitantes das Ilhas Molucas, por São Francisco Xavier (século XVI)

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...